Segunda, 22 de janeiro de 201822/1/2018
51985292179
Nublado
21º
21º
28º
Gravatai - RS
Erro ao processar!
dy6
GIRO ESPECIAL
Novo Wi-Fi deixa a internet 4 vezes mais rápida
.
Moises Pacheco Gravataí - RS
Postada em 11/01/2018 ás 17h05 - atualizada em 11/01/2018 ás 17h07
Novo Wi-Fi deixa a internet 4 vezes mais rápida

A Intel anunciou, na última semana, que vai começar a disponibilizar chips Wi-Fi compatíveis com a tecnologia 802.11ax para as fabricantes. O novo padrão vai permitir até 40% mais velocidade do que o Wi-Fi AC. Além disso, a tecnologia trabalha melhor com vários dispositivos conectados ao mesmo tempo, visto que oferece a estabilidade e a velocidade necessária para ambientes onde isso é frequente, como hotspots ou dispositivos de Internet das Coisas.



Além de roteadores, o chip Wi-Fi AX da Intel poderá vir embarcado em notebooks e dispositivos móveis. Em termos de velocidade, a companhia estima que a novidade seja capaz de chegar a cerca de 2 Gb/s de taxa de transferência e suportar até 256 dispositivos conectados simultaneamente.









Padrão de Wi-Fi 802.11ax chega a quase 5 Gbps, promete Broadcom




Outra vantagem do novo padrão está em uma menor latência. Sem informar números, a Intel acredita que o Wi-Fi AX vai melhorar a performance de chamadas de voz pela Internet, de streaming de vídeo pela rede e de jogos online utilizando dispositivos conectados à rede Wireless.




Embora o novo chip já esteja presente em alguns aparelhos em 2018, os gadgets compatíveis com a nova tecnologia só devem chegar em massa ao mercado em 2019. Isso porque, a Wi-Fi Alliance, entidade que coordena o padrão, ainda não definiu os termos de certificação.



Durante a IFA, em 2017, a Asus chegou a anunciar um roteador com o padrão 802.11ax, que ainda não está disponível para venda. Porém, sem a certificação da Wi-Fi Alliance, não há a garantia de que o dispositivo vá funcionar de forma estável com todos os aparelhos Wi-Fi AX no futuro.




Além da Intel, a Broadcom já apresentou alguns chips para Wi-Fi 802.11ax. Os modelos da fabricante são capazes de chegar a quase 5 Gb/s e gerenciar até 50 dispositivos conectados ao mesmo tempo.



Os três chips da Broadcom trabalham com frequências de 2.4 GHz e 5 GHz e, segundo a empresa, têm otimizações que diminuem o consumo de energia e aumentam a eficiência dos equipamentos. O BCM43684 é o hardware dedicado para o uso residencial e traz quatro fluxos, velocidade de 4.8 Gbps PHY, largura de banda de 160 MHz e modulação 1024 QAM.





O BCM43694 é otimizado para o mercado corporativo e possui as mesmas configurações do chip anterior. Já o BCM4375 foi pensado para ser utilizado em smatphones e outros dispositivos móveis.




Não foram divulgados preços e muito menos uma data prevista para que os produtos cheguem ao mercado mundial, mas tudo indica que em breve veremos a tecnologia embarcada em roteadores domésticos e em equipamentos empresariais.







 Wi-Fi e inteligência artificial



Pesquisadores e engenheiros do MIT – Massachusetts Institute of Technology – desenvolveram uma inteligência artificial que transforma um simples Wi-Fi em um dispositivo capaz de determinar seu estado emocional, detectar e medir seus batimentos cardíacos. A tecnologia realiza as medições de forma individual e precisa, utilizando os sinais e frequências emitidos pelo roteador doméstico.



Segundo o que foi divulgado, esse aparelho possui um emissor de RF trabalhando em conjunto com um algoritmo muito inteligente semelhante aos encontrados em eletrocardiogramas (EKG/ECG), no entanto bem mais potente e sem precisar de nenhum eletrodo ou fios ligados ao corpo do ser humano para realizar as tarefas.


 

O dispositivo funciona de forma simples, basicamente, o RF realiza cálculos para medir as ondas que são emitidas e rebatidas pelo corpo humano e logo, em seguida, envia todas as informações para a Inteligência Artificial da máquina.



Além disso, o equipamento precisa utilizar o EQ-Radio, um sistema de machine learning, para traduzir as informações e definir o tipo de emoção que o indivíduo está sentido naquele momento. A tecnologia também poderá informar ao paciente, com uma boa antecedência, caso ele esteja correndo algum risco de ataque cardíaco.







tags:
• tec
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium