Quinta, 22 de fevereiro de 201822/2/2018
51985292179
Claro
17º
20º
26º
Gravatai - RS
Erro ao processar!
dy1
Giro Político
Giro Político

Em pauta as noticias politicas.

GIRO REGIONAL
Vereador lembra que Gravataí ainda precisa de um hospital público
.
Moises Pacheco Gravataí - RS
Postada em 09/02/2018 ás 12h49
Vereador lembra que Gravataí ainda precisa de um hospital público

 


Confira o artigo enviado pelo Vereador Nadir Rocha a nossa redação:


Ainda este mês começa a obra do Hospital no Câncer, do Grupo Hospitalar Conceição, em Porto Alegre. Será um prédio de sete andares em uma área de 14 mil metros quadrados projeta dobrar de 3 mil para 6 mil o número de sessões de quimioterapia e realizar 35 mil consultas por ano, além de permitir transplantes de medula e tratamento de radioterapia, todos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O hospital contará com 94 leitos (50 para internação clínica, 30 para internação hematológica, 14 para transplante de medula óssea) para atender além da população de Porto alegre, Gravataí, Cachoeirinha, Glorinha, Viamão e outras cidades da região.


O GHC, maior porta aberta SUS do Brasil, com quatro hospitais, atende a região metropolitana de Porto Alegre, especialmente a população mais carente, mas não oferece tratamento de radioterapia para tratamento oncológico. Isto causa um problema, pois um em cada quatro pacientes que entram na emergência tem diagnóstico de câncer. Geralmente a população mais carente e que pouco utiliza os serviços médicos, não sabem que sofrem de câncer e só procuram o atendimento quando sentem alguma dor. Com o hospital em pleno funcionamento, o que deve ocorrer daqui três anos, esperamos que o atendimento seja mais rápido e eficiente.


Toda a região metropolitana, sobretudo Gravataí, ganhará muito com isto, porém não afasta a necessidade da nossa cidade ter um hospital público, como é o caso de todas as demais cidades da região metropolitana, ou seja, Gravataí é o único município da região que NÃO POSSUI HOSPITAL PÚBLICO estadual 100% de atendimento do SUS.


Estamos com uma imensa fila de espera para cirurgias e para demais tratamentos que exigem complexidade. Não podemos esquecer e continuar a luta política para termos o nosso hospital, o qual foi prometido pelo governo do Estado anterior ao atual.


Registro que fico imensamente feliz com o início da obra deste hospital. Serão milhares vidas salvas. Trabalhei por 32 anos no Conceição, 8 deles como presidente da Associação dos Servidores, onde pude garantir o pleno funcionamento de muitos setores do Grupo Hospitalar. A grande luta foi manter o GHC vinculado diretamente ao Ministério da Saúde, ou seja, a verba orçada ao Conceição vai direto para os cofres do Hospital e administrada pela sua própria equipe sem intervenções.


Por Nadir Rocha (Vereador de Gravataí).

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

500 caracteres restantes

  • COMENTAR
    • Prove que você não é um robô:

© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium