Quarta, 20 de junho de 2018
51985292179
Giro Mobilidade

04/06/2018 ás 14h56

Moises Pacheco

Gravataí / RS

Santa Maria-rs | Município tem prazo para adequar vagas para pessoas com deficiência
A lei deve ser aplicada aos estacionamentos públicos
Santa Maria-rs | Município tem prazo para adequar vagas para pessoas com deficiência

A 1ª Vara Cível de Santa Maria, especializada em Fazenda Pública, deferiu liminar pedida pelo Ministério Público e determinou que a empresa Rek Parking e o município de Santa Maria têm 45 dias para cumprir a determinação legal de manter 2% das vagas de estacionamento público para pessoas com deficiência. O pedido liminar também determina que se faça o rebaixamento do meio-fio nos locais em que há necessidade, em consonância com as normas vigentes, e exige, ainda, que empresa e Município promovam a padronização da sinalização vertical e horizontal nas vagas destinadas a essa parcela da população.


A decisão foi assinada na última sexta-feira, 25, mas as diligências sobre a questão, que originaram a Ação Civil Pública, datam de 2008. Na Ação, o promotor de Justiça Fernando Chequim Barros, da 1ª Promotoria de Justiça Cível de Santa Maria, apontou a visível diminuição das vagas destinadas a pessoas com deficiência frente ao crescimento do espaço total destinado ao estacionamento público. Também foram assinaladas falhas na sinalização das vagas já existentes, cuja fiscalização o Município não teria realizado.


Em concordância com esses apontamentos, o juiz Vinicius Borba Paz Leão destacou que o deferimento da liminar acontece após a negativa do ente público em firmar um termo de ajustamento de conduta (Tac). Na decisão, o juiz destaca que a determinação tem o objetivo de “tirar os réus de um estado de letargia”.


O documento frisa, também, que as medidas solicitadas não caracterizam “favor as pessoas com deficiência, mas cumprimento de imposição legal”. A Constituição Federal, em seu artigo 23, estabelece que é de competência comum de todos os entes federados, incluindo-se aí o Município, “cuidar da saúde e assistência pública, da proteção e garantia das pessoas portadoras de deficiência”, reforça a decisão.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
Giro Mobilidade

Giro Mobilidade

Blog/coluna Notícia em destaque
Facebook
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium